quarta-feira, 1 de julho de 2015

Sedens inicia preparativos do Espaço da Indústria para Expoacre

(Foto: Arquivo Secom)
A participação de 50 empresas está garantida (Foto: Arquivo Secom)
Desde 2010, o Espaço da Indústria consagrou-se como uma das áreas mais visitadas da Expoacre. A exposição do trabalho do terceiro setor desperta a curiosidade dos visitantes pela qualidade e beleza das peças produzidas localmente. Uma oportunidade a mais de fechamento de negócios e divulgação para os empreendedores.
Os preparativos do layout para os 176 metros quadrados, assim como a participação de mais de 50 empresas iniciaram seus preparativos. Outros segmentos que devem participar são: gastronomia, construção civil e transporte.
A indústria de móveis continua recebendo uma atenção especial. O secretário de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis, Fernando Lima, destaca a participação das cooperativas de Cruzeiro do Sul, que inauguraram na primeira quinzena de junho seu showroom no Parque Industrial. “Trata-se de um grupo muito bem organizado com trabalhos lindos, que a gente quer trazer e mostrar para a sociedade acreana”, diz.
A promoção da indústria local, sua produção e vislumbramento de novos negócios fazem parte das políticas públicas desenvolvidas pela Sedens. E a Expoacre é uma oportunidade de geração de emprego, movimentação de valores e também de lazer para a população, que aprecia as novidades desenvolvidas.
O secretário salienta ainda que empresas de outras regiões como Sul e Sudeste foram convidadas a vir conhecer a feira e o bom momento que o Acre vive. O intercâmbio, a partir da participação de sete indústrias do Peru, também já está combinado. A ação faz parte do acordo de estreitamento de relações com o país vizinho estabelecido desde a recente vinda do cônsul Félix Germán Vásquez Solis.
“A maior novidade até o momento é a participação peruana, que tem como objetivo fortalecer uma estratégia de exportação. No entanto, as empresas que já foram contempladas e têm produção de qualidade continuam. Acredito que o público vai gostar bastante e o objetivo é realizar um número maior de negócios que nas edições anteriores”, afirma Fernando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário