quinta-feira, 2 de julho de 2015

Samu é tema de projeto para crianças

 

 

Alunos de 8 a 12 anos vão receber orientações sobre o que é o serviço; estudantes de enfermagem participam do trabalho

Nesta sexta-feira (3), tem início o Projeto Samuzinho, que visa informar crianças sobre o atendimento oferecido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Será, das 14 às 17 horas, na Escola Municipal Zumbi dos Palmares, na rodovia João Alves da Rocha Loures, 3.655, região sul.

Alunos de 8 a 12 anos vão receber orientações sobre o que é o Samu e como acionar o serviço. O objetivo é que essas crianças saibam como agir em situações de urgências, o que fazer e o que não fazer. De acordo com a enfermeira do Núcleo de Educação em Urgência (NEU) da Secretaria Municipal de Saúde, Renata Morais Alves, “o projeto visa tornar essas criança adultos responsáveis diante das ligações indevidas existentes e que saibam o que é oferecido pelo Samu”.

Segundo a enfermeira do NEU, educando as crianças elas se tornam multiplicadores de conhecimento e assim orientam seus pais a como agir nas situações de emergência. “Com esse projeto conseguimos modificar o número de ocorrências e até de óbitos, porque as pessoas passam a ter mais informações sobre o que fazer no caso de emergências e a quem ligar.”

No mesmo dia, os alunos dos cursos de graduação em Enfermagem da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Centro Universitário Filadélfia (Unifil), Universidade Pitágoras e Instituto de Ensino Superior de Londrina (INESUL) receberão treinamento para as atividades com as crianças.

Os estudantes de enfermagem serão observados e avaliados pelo NEU e por residentes de Urgência e Emergência e Cuidados a Pacientes Críticos da UEL. Eles serão divididos em grupos de cinco estudantes e um tutor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário