quarta-feira, 1 de julho de 2015

Richa entrega 137 ambulâncias para municípios, hospitais, Samu e Siate


RICHA ENTREGA 137 AMBULÂNCIAS A MUNICÍPIOS, HOSPITAIS, SAMU E SIATE
O governador Beto Richa entregou, nesta quarta-feira (01.07), 137 ambulâncias de remoção de pacientes adquiridas para renovar a frota de veículos para transporte de urgência no Paraná. Cada ambulância custou aos cofres públicos R$ 93,8 mil, o que totaliza investimentos de R$ 12,8 milhões.

“Estamos investindo vigorosamente em saúde pública para melhorar as condições de atendimento à população do Paraná”, afirmou Richa. “Estas novas ambulâncias oferecem as condições para que os municípios, consórcios de saúde, hospitais, Samu e Siate garantam qualidade e agilidade no atendimento dos pacientes”, disse ele.

Dos 137 novos veículos, 111 veículos são destinados para prefeituras, dois para o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), dez para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e dois para hospitais. Doze dos 137 substituem ambulâncias sinistradas.

FORTALECER - O secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, destacou que, entre 2011 e 2014, o Governo do Paraná repassou 536 ambulâncias para municípios, consórcios, hospitais e Siate para melhorar o transporte de pacientes em situação de emergência.

“A nossa prioridade é fortalecer a rede de atendimento de urgência de emergência de todas as cidades paranaenses, principalmente os municípios de pequeno porte”, disse Caputo.

“O Governo do Estado estruturou toda a rede de transporte na área da saúde, incluindo a frota aérea, com helicópteros adaptados, entrega de ônibus para o transporte de pacientes entre os municípios e, agora, estas ambulâncias, que atendem tantos os municípios quanto as redes de urgência e emergência”, explicou.

Além de ambulâncias, Caputo lembrou que o Estado repassou, no ano passado, recursos para 169 municípios melhorarem suas frotas. “Muitas vezes os municípios precisam transportar as pessoas para tratamentos em outras cidades. É muito importante que isso ocorra com veículos seguros, que garantam boas condições ao paciente e à equipe de atendimento”, disse o secretário.

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA – Para o diretor de Políticas de Urgência e Emergência da Secretaria da Saúde, Vinicius Filipaki, é fundamental que os veículos que transportam pacientes estejam sempre em boas condições para atender à população.

“O transporte seguro que estes veículos novos oferecem é fundamental. Isso faz a diferença na manutenção da vida, na agilidade e no conforto dos pacientes”, disse ele. “Temos que disponibilizar para a população a maior segurança possível e o mais próximo de onde as pessoas moram. Todos os paranaenses merecem ter o acesso qualificado aos serviços de emergência.”

BOX I

RENOVAÇÃO DA FROTA É FUNDAMENTAL, DIZEM PREFEITOS

De acordo com os prefeitos, as novas ambulâncias irão ampliar a frota municipal da área da saúde, o que seria difícil sem o apoio do Governo do Estado. É o caso do município de Bituruna, no Sul do Estado.

“Estávamos desde o início do ano batalhando por uma nova ambulância, que faz muita falta para a área da saúde”, disse o prefeito Claudinei Castilho. “Somos um município pequeno, de 16 mil habitante, e tínhamos apenas um veículo, que às vezes dá problemas e fica na estrada. Este novo fará a diferença”.

Altônia, no Noroeste do Paraná, recebeu, em 2014, um recurso de R$ 120 mil que foi utilizado para a compra de uma ambulância e agora recebeu mais uma. “Precisávamos renovar a nossa frota. Estamos a 647 quilômetros de Curitiba e muitos pacientes fazem tratamento na capital ou em Cascavel. Este veículo será usado para o deslocamento, com mais conforto e segurança para esses pacientes”, explicou o prefeito Amarildo Ribeiro Novato.

O prefeito de Mallet (Centro-Sul), Rogério Almeida, também destacou a necessidade do município. “Hoje temos poucas ambulâncias e a demanda é muito grande. O que recebemos hoje será para transporte intermunicipal de pacientes, principalmente para quem faz tratamento em Curitiba e Região Metropolitana.”

“É muito importante que tenhamos em boas condições os veículos que transportam pacientes. A iniciativa do governo ajuda a melhorar nossa frota e garantir um bom atendimento de quem precisa”, disse o prefeito de Cambé, no Norte do Estado, João Parinato.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; o diretor-presidente do Detran-PR, Marcos Traad; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano, o líder de governo na Assembleia, deputado, Luiz Cláudio Romanelli, além de prefeitos, deputados estaduais e vereadores. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário