quarta-feira, 1 de julho de 2015

Paraná poderá ser modelo no País para implantação do Estatuto das Metrópoles

O Paraná poderá ser modelo de diretrizes ao País para o Estatuto das Metrópoles, segundo o secretário nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos do Ministério das Cidades, Luís Ramos, durante reunião com o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, e o coordenador da Comec, Omar Akel, realizada em Curitiba.Curitiba, 01/07/2015.Foto: Divulgação SEDU
O Paraná poderá ser modelo de diretrizes ao País para o Estatuto das Metrópoles, segundo o secretário nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos do Ministério das Cidades, Luís Ramos, durante reunião com o secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, e o coordenador da Comec, Omar Akel, realizada em Curitiba. Ramos está no Paraná, junto com a diretora de Urbanização e Assentamentos Precários, Alessandra D'Ávila Vieira, e o analista de Infraestrutura da Secretaria Nacional de Saneamento, Martin Junior Valaro, para conhecer o trabalho realizado pelo Governo do Estado na área do desenvolvimento urbano.

“Temos uma avaliação muito positiva. Há muita experiência boa e é muito interessante a forma como trabalham, agregando soluções aos 399 municípios do Paraná”, afirmou Ramos. “Sem dúvida, o Paraná pode dar uma ótima contribuição e qualificar ainda mais as soluções para todo o País”, destacou.

Nesta quarta-feira (01), os técnicos e o secretário Ratinho Junior fizeram um sobrevôo sobre Curitiba e Região Metropolitana para conhecerem os traçados do estudo de viabilidade do projeto Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), do projeto executivo do Corredor Metropolitano - que liga Colombo, Pinhais, Piraquara, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande e Araucária, além dos Parques de Piraquara, Itaqui, Palmital e Metropolitano, onde estão sendo executados os projetos para contenção de cheias.

AVALIAÇÃO POSITIVA – Na terça-feira, os representantes do Ministério das Cidades conhecerem a estrutura organizacional, os principais programas, as prioridades e todo o trabalho pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano, pelo Paranacidade e a Coordenadoria da Região Metropolitana (Comec).

O secretário Ratinho Junior fez uma apresentação detalhada do projeto de VLT, por meio de um vídeo. Participaram o secretário chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra; o presidente da Cohapar, Abelardo Lupion; e diretores do Paranacidade, da Comec e da Fomento Paraná.

“Queremos retirar do papel alguns sonhos, como o do VLP, o Corredor Metropolitano e outros projetos que vão facilitar e dar melhor qualidade de vida às pessoas”, disse Ratinho Junior. “O Paraná conta com infraestrutura, mobilidade urbana e com excelentes programas. Estamos em busca de novos parceiros que possibilitem recursos para viabilizar nossos projetos”, disse ele.

CÂMERAS - Os representantes do Ministério das Cidades participaram das Câmeras Técnicas que trataram de saneamento, política estadual de resíduos sólidos; mobilidade urbana na Região Metropolitana de Curitiba, Terminais Urbanos, Corredores Metropolitanos, ciclovias e ligações viárias; habitação; cooperação com Maputo ( Angola), cadastro técnico e tributação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário