quarta-feira, 1 de julho de 2015

Dow AgroSciences é premiada em duas categorias durante o 18º Prêmio Defesa Vegetal da ANDEF
A Dow AgroSciences recebeu, no último dia 29, dois prêmios na 18ª edição do Prêmio Defesa Vegetal, realizado pela ANDEF (Associação Nacional de Defesa Vegetal), nas categorias Indústria e Profissional. As melhorias obtidas nos sistemas produtivos em Paragominas, nordeste do Pará, com aumento na produção das fazendas de 7@/ha para 30@/ha dentro das áreas intensificadas, através do Projeto Pecuária Verde, rendeu à Dow AgroSciences o prêmio na categoria Indústria.
A atividade pecuária no município que, antes era sinônimo de desmatamento e passivos ambientais, agora investe na intensificação das pastagens, tecnologia de ponta, difusão de conhecimento e capacitação, tornando-se uma referência de sustentabilidade na região amazônica. Roberto Risolia, Líder de Sustentabilidade da Dow AgroSciences, que acompanha o projeto desde o início, destaca a importância dessa iniciativa como exemplo de que a pecuária pode ser mais rentável: “O Brasil aumentou a sua produtividade nos últimos 10 anos de 2,7 arrobas por hectare para cerca de quatro arrobas por hectare, graças à tecnologia e capacitação. No entanto, sabemos que ainda podemos melhorar através de iniciativas como o Projeto Pecuária Verde, que contribuem diretamente para o desenvolvimento do agronegócio de forma sustentável.”, conclui o executivo.
O Projeto Pecuária Verde é resultado da parceria entre a Dow AgroSciences, o Sindicato Rural de Paragominas, a organização de conservação ambiental The Nature Conservancy (TNC), o instituto de pesquisa Imazon e o Fundo Vale.
Durante a cerimônia, a Dow AgroSciences também foi premiada na categoria Profissional. O Representante Técnico de Vendas (RTV) da Dow AgroSciences, José Palermo recebeu a homenagem por levar e ampliar o conhecimento sobre boas práticas agrícolas às lavouras do Interior de São Paulo, através de sua participação ativa no Programa de Aplicação Responsável da companhia e nos treinamentos da Iniciativa 2,4-D.
Em 2014, a região em que Palermo atua contou com a capacitação de 161 pessoas, em cinco treinamentos realizados pelo Programa de Aplicação Responsável – que em 2011 também recebeu o Prêmio Mérito Fitossanitário, da ANDEF, na categoria “Boas Práticas Agrícolas”. Outros 434 produtores foram capacitados em quatro palestras ministradas pela Iniciativa 2,4-D no interior paulista.
A conquista desses prêmios comprova o compromisso da companhia e seus colaboradores com a agricultura brasileira, por meio do desenvolvimento de soluções e treinamentos pautados na responsabilidade social e ambiental.
Sobre o Programa de Aplicação Responsável
O Programa de Aplicação Responsável foi criado em 2010, através de uma parceria entre a Dow AgroSciences e Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu (SP), com o objetivo de capacitar agricultores, técnicos e operadores sobre os métodos de aplicação das tecnologias e o melhor uso dos equipamentos disponíveis. A iniciativa abrange as culturas de milho, soja e cana-de-açúcar e, no segundo semestre, será expandida para tomate e uva. Em 2014, o programa atingiu a expressiva marca de 4700 pessoas capacitadas, em 16 estados brasileiros.
Dow e Rio 2016
Como “Empresa Química Oficial” dos Jogos Olímpicos, a Dow possui uma posição única como fornecedora de soluções inovadoras e mais sustentáveis que melhoram a experiência Olímpica para os territórios-sede, atletas e fãs em todos os lugares – na arena dos Jogos e em nossas vidas diárias. Nosso portfólio de produtos inovadores e de alta tecnologia oferece produtos mais sustentáveis para as necessidades mais desafiadoras dos Comitês Organizadores, governos locais, construtores e parceiros ligados aos Jogos.
Sobre a Dow AgroSciences
A Dow AgroSciences, com sede em Indianápolis, Indiana, nos Estados Unidos, desenvolve soluções inovadoras para a proteção de cultivos e biotecnologia de plantas para atender aos desafios de um mundo em crescimento. A Dow AgroSciences é uma subsidiária em caráter integral da The Dow Chemical Company e obteve um volume de vendas global de US$ 7,3 bilhões em 2014.

Claudia Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário