quinta-feira, 2 de julho de 2015

Biblioteca recebe exposição sobre o norte do Paraná

 

 

São diários de bordo, fotografias, mapas e muita história, datados de 1925 a 1929; material integra a pesquisado professor Humberto Yamaki da UEL

A exposição “Expedições. Caçadores de Paisagens no Norte do Paraná” está aberta para visitação na Biblioteca Pública Municipal Pedro Viriato Parigot de Souza, na avenida Rio de Janeiro, 413.  A exposição pode ser visitada até o dia 31 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas e nos sábados 11,18 e 25, das 8 às 13 horas.

A exposição é coordenada pelo professor e arquiteto da Universidade Estadual de Londrina (UEL) Humberto Yamaki. Ele também é coordenador do Laboratório de Paisagem da UEL. A exposição relata diários de bordo, fotografias e mapas de companhias de terras que possuíram marcações de terrenos no norte do Paraná antes da conhecida Companhia de Terras Norte do Paraná (CTNP). Essa exposição é uma descoberta de materiais inéditos feita pelo próprio professor.

A exposição relata a história das pessoas que verificaram a existência das terras, a abundância da água potável e analisaram a possibilidade de implantação de estradas, ferrovias e os avanços da colonização. Mostra pessoas e histórias que marcaram o início da colonização da região norte do estado, o regaste de quatro rotas de viagens de exploração,entre 1925 e 1929, realizados por burocratas, dirigentes e técnicos ferroviários.

Este ano se comemoram noventa anos da assinatura da escritura de compra e venda de terras devolutas pelo Governo do Estado a CTNP e a Companhia Marcondes de Colonização, Indústria e Comércio e a exposição traz à lembrança esses acontecimentos. O trabalho é um recorte de uma profunda e extensa pesquisa realizada pelo professor Yamaki, que  se tornará um livro a ser lançado em breve.

Escolas e grupos que tiverem interesse em agendar horário de monitoria para a exposição devem ligar para 3371-6500. Podem participar alunos com idade acima de 8 anos. De acordo com a coordenadora de Atendimento, Programação e Extensão, Ana Cristina Mischiati, três escolas já estão agendadas e são esperadas mais de 1000 pessoas para a exposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário