sábado, 27 de junho de 2015

Telmário alerta para aumento da violência contra indígenas Da Redação


O número de índios assassinados no Brasil voltou a crescer em 2014, após pequeno recuo no ano anterior, informou o senador Telmário Mota (PDT-RR), em discurso no Plenário nesta sexta-feira (26).
O Relatório da Violência contra os Povos Indígenas, divulgado pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi), vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), mostra que 70 índios foram vítimas de homicídios no ano passado, contra 53 em 2013.
— As violações contra os povos indígenas se expressam também no aumento do número de casos de suicídios, mortes por desassistência à saúde, mortalidade na infância, invasões e explorações ilegais de recursos naturais, omissão e morosidade na regularização de suas terras —completou, ao informar que 135 indígenas se suicidaram em 2014, sendo o pior resultado em 30 anos.
Segundo o senador, do total de assassinatos, 25 aconteceram no Mato Grosso do Sul; 15, na Bahia; 10, no Amazonas; 4, em Pernambuco e mesmo número em Minas Gerais; 3, no Pará e no Rio Grande do Sul; 2, no Tocantins e em Mato Grosso; e 1, em Goiás, Santa Catarina e São Paulo.
Para agilizar a regularização de reservas indígenas e reduzir os conflitos, Telmário defendeu a aprovação do PLS 417/2011, que prevê o pagamento por benfeitorias e pelo valor da terra em casos de desapropriação de fazendas ocupadas antes de 1988 e que estejam documentadas.
— Eu já estava com o relatório quase totalmente pronto quando fui surpreendido com um requerimento do senador Romero Jucá [PMDB-RR] solicitando que o projeto fosse encaminhado à Comissão de Assuntos Sociais — lamentou.

Detran de Roraima

No início do seu pronunciamento, Telmário elogiou o presidente do Detran de Roraima, Juscelino Pereira, e toda a equipe do órgão, pela redução de 10% da mortalidade em acidentes de trânsito do estado, em cinco meses.
— Espero que melhore muito mais ainda esse índice, até zerar, se possível, mas eu quero parabenizar o presidente e todos que fazem o Detran de Roraima, por esse trabalho sério, educativo, responsável, que está sendo feito lá no nosso estado.
Agência Senado

Nenhum comentário:

Postar um comentário