sexta-feira, 26 de junho de 2015

Ministro assina convênio e lança Salão Regional de Turismo em Recife


Henrique Alves participa de encontro que apresenta a Rota 101 Nordeste e celebra convênio de R$ 2 milhões com o prefeito da capital pernambucana

portal_interna_ministro_prefeitura_recife_2.gif

Geraldo Gurgel
O ministro do Turismo, Henrique Alves, reafirmou nesta sexta-feira (26), em Recife, a importância de valorizar o turismo regional para desenvolver a economia nordestina. A região que mais recebe turistas brasileiros vai reforçar os destinos já consolidados e lançar novos produtos, serviços e equipamentos turísticos durante o Salão de Turismo Rota 101 Nordeste. O evento, lançado hoje, acontece entre os dias 6 e 8 de agosto no Centro de Convenções de Pernambuco. Os Salão vai integrar os quatro estados beneficiados com a duplicação da BR-101 no Nordeste. O Ministério apoiará o evento com exposição e ações de marketing, além de seminário técnico no espaço destinado à capacitação.
Os estados de Pernambuco, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte, bem como os municípios e empreendimentos localizados ao longo dos 600 Km da rota, entre Natal e Maceió, vão expor seus destinos e vender produtos e serviços, além de apresentar a culinária regional em salões de gastronomia, exibir o artesanato e apresentar as danças e manifestações culturais. São esperados 800 expositores e a participação de 200 marcas. O público estimado é de nove mil visitantes e potenciais compradores de pacotes turísticos. “É uma rota que tem de tudo para ser mais explorada e divulgada para incrementar o turismo regional”, disse o ministro. Alves ressaltou que, a maioria dos turistas brasileiros ainda viaja de carro e que, em um trecho tão pequeno do litoral, estão alguns dos destinos turísticos e atrações culturais mais visitados do Nordeste. “O turismo precisa fazer parte da agenda econômica do Brasil”, afirmou. Ele defendeu o potencial que a atividade representa para a economia, além da consistência e capilaridade do setor na geração de emprego e renda. “Espero ampliar esse espaço que o turismo ocupa, mas não é reconhecido”.
Play Town – Durante o encontro, o ministro Henrique Alves e o prefeito de Recife, Geraldo Júlio, firmaram convênio, no valor de R$ 2 milhões, para a construção de mobiliário urbano e interativo desenvolvido com a tecnologia gerada no Porto Digital do Recife. Os equipamentos vão permitir aos turistas o encontro entre o novo e o velho durante as visitas ao Recife Antigo, centro histórico da capital pernambucana. O prefeito Geraldo Júlio disse que a presença de Henrique Alves no Ministério do Turismo eleva o patamar do debate sobre o tema. Ele destacou a trajetória e relevância nacional do ministro na política brasileira.

Cortesia -   Ainda em Recife, o ministro Henrique Eduardo Alves esteve com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara. O encontro foi no palácio do Campo das Princesas. Os dois conversaram sobre o turismo regional e discutiram a importância do centro de conexões anunciado pela TAM para o Nordeste. Recife, Natal e Fortaleza disputam a localização do empreendimento. O ministro e o governador também discutiram problemas comuns aos estados nordestinos, entre eles, a crise hídrica que afeta a região por falta de chuvas regulares nos últimos quatro anos. Além da falta de água, até para o consumo humano, a seca causa prejuízos à economia rural da região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário