domingo, 28 de junho de 2015

Estado cria o programa Prata da Casa em busca de novos talentos

Processo seletivo será aberto para servidores estatutários

Um programa de valorização dos servidores foi criado, nesta quinta-feira (25/6), pelo governador Luiz Fernando Pezão. É o Prata da Casa, que pretende identificar, valorizar e dar visibilidade a talentos do quadro de servidores estatutários, por meio de processos seletivos internos.

- Só acredito em um Estado forte com servidores valorizados, fortalecidos, e o Prata da Casa vem ao encontro dessa premissa. É um programa moderno, voltado para a gestão talentosa do Estado - destacou o governador.

O programa, criado por intermédio de decreto do governador, publicado hoje no Diário Oficial, permitirá a formação de um banco de talentos, inicialmente formado por 40 servidores. O foco será identificar talentos com perfis diferenciados, como liderança e orientação para resultados.

Os processos seletivos poderão ser compostos de uma ou mais etapas, e levarão em consideração aspectos sobre a formação, experiência e habilidades específicas dos candidatos. Os aprovados serão submetidos a avaliações periódicas.

O programa terá duração entre 18 meses e dois anos. A previsão é que edital seja lançado em aproximadamente 20 dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário