domingo, 28 de junho de 2015

Em Paranavaí, 714 famílias recebem chaves da casa própria

Entrega de chaves para 714 famílias de Paranavaí.
Representantes do Governo do Paraná, governo federal e da Prefeitura de Paranavaí entregaram nesta sexta-feira (26) as chaves da casa própria para 714 famílias de baixa renda do município. As moradias foram construídas com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), com investimentos de aproximadamente R$ 43,7 milhões.

Os projetos foram divididos entre 445 unidades com financiamento do Banco do Brasil e 269 da Caixa Econômica Federal. Todas as famílias beneficiadas possuem renda máxima mensal de R$ 1.600,00 e pagarão parcelas que variam entre R$ 25,00 e R$ 80,00.

A situação de moradia da dona de casa Tamara Dias da Silva, 22 anos, e o marido, Joade Delfino, 25, auxiliar de serviços gerais, sempre foi complicada. “Nós pagávamos R$ 300,00 de aluguel pra morar numa casa antiga, no meio de um buraco. Sempre que chovia acabava molhando dentro”, conta Tamara. Agora, o casal, que tem um filho pequeno, pagará uma parcela bem menor pela casa própria. “Vamos pagar R$ 45,00 por mês e com o dinheiro economizado queremos mobiliar a casa e tentar comprar um carrinho no futuro”, disse Tamara.

Com a renda obtida com os serviços de diarista, Erenilda Rosa da Silva, 31, precisava sustentar sozinha os quatro filhos e arcar com um aluguel de R$ 300,00. “Já cheguei a pedir dinheiro e até deixar de comprar roupa pras crianças pra pagar o aluguel”, relatou. “Sozinha eu nunca conseguiria uma casa dessas, mas tenho certeza que daqui pra frente a nossa vida vai melhorar bastante”, completou.

PARCERIA - Na avaliação do prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti, a gestão municipal tem obtido sucesso na construção de casas populares devido ao apoio dos parceiros.

“São aproximadamente três mil pessoas que passam a viver em casas de qualidade com toda a infraestrutura necessária para que possam continuar melhorando de vida. Este é um feito que conseguimos graças ao trabalho dos funcionários municipais aliado às grandes parcerias que firmamos com o governo federal e o governo do estado”, disse Lorenzetti.

O governo estadual participou com uma subvenção financeira para cada uma das 269 famílias de um dos novos residenciais. Além disso, contribuiu com o suporte técnico da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e os serviços de instalação das redes de energia, água e esgoto por meio de parcerias da Copel, Sanepar e Instituto das Águas.

Para o diretor Jurídico e de Regularização Fundiária da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus, as novas moradias representam o resultado de uma reformulação da política habitacional paranaense iniciada em 2011. “Este é um fruto que estamos colhendo pelo trabalho iniciado há quatro anos e meio pelo governador Beto Richa, que estabeleceu a habitação como uma de suas prioridades”, afirmou Justus.

NOVOS PROGRAMAS – O diretor também aproveitou a oportunidade para falar sobre os novos programas em desenvolvimento pela Cohapar e que devem começar a beneficiar as famílias paranaenses nos próximos meses. Serão nove programas com foco, principalmente, na área de regularização fundiária.

Segundo o vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil, Raul Francisco Moreira, a entrega das chaves marca a realização de um sonho não apenas para as famílias beneficiadas, mas também para a instituição financeira. “O Banco do Brasil trabalha para o desenvolvimento das cidades e do País e isso passa pela melhoria da qualidade de vida das famílias”, disse.

Roberto Luiz Bachmann, superintendente regional da Caixa, agradeceu a participação de todas as entidades envolvidas. “Esse é um trabalho que funciona no Paraná, pois temos uma grande parceria com a Cohapar, com as prefeituras e também com as construtoras, que se propõem a fazer obras de qualidade”, apontou.

A forma de atuação conjunta dos governos também foi destacada pelo deputado federal Enio Verri. “É fundamental que o poder público atue em parceria. Sem dúvidas a maneira como o programa Minha Casa Minha Vida vem acontecendo no Paraná é um modelo a ser levado para o resto do País”, declarou Verri.

O deputado estadual Tião Medeiros exaltou os efeitos positivos das casas para as famílias beneficiadas. “São famílias que começam a construir uma nova história e também a história dessa comunidade recém-criada”, comentou Medeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário