domingo, 28 de junho de 2015

Colombo destaca programa de energias limpas no Com a Palavra, o Governador


Autorização de obras de saneamento básico e reabertura de hospital foram alguns dos assuntos comentados por Raimundo Colombo na edição desta semana do Com a Palavra, o Governador. O destaque fica por conta do programa de incentivo à produção de energia que será lançado pelo Governo do Estado, o SC+Energia. Já o tema que abriu a entrevista, foi a retomada das atividades do hospital do município de Witmarsum, no Alto Vale do Itajaí.

A unidade de saúde, que ficou cerca de quatro anos fechada, reabre com 18 leitos de internamento hospitalar, exames de radiografia, mamografia e atendimento médico 24 horas por dia.  A instituição foi adquirida pelo município com recursos do Governo do Estado, de R$ 800 mil, e mais R$ 260 mil por meio do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam), usados para aquisição de equipamentos.
“Com o empenho da própria comunidade foi possível entregar uma estrutura que além de muito bonita, está bem equipada para prestar o melhor atendimento à população”, disse Colombo.


Foto: James Tavares / Secom

O anúncio de novas obras de saneamento básico executadas pela Casan também foi um dos temas do programa. Nessa semana foi contemplado o município de Forquilhinha, no Sul do Estado, com quase R$ 30milhões e o Bairro Ingleses, em Florianópolis, com investimento orçado em R$ 64,4 milhões. 
Ao encerrar a entrevista, Raimundo Colombo falou do lançamento do programa catarinense de energias limpas, SC+Energia, marcado para o dia 24 de junho. Segundo o governador, a ideia é impulsionar a atividade econômica do setor, gerando riqueza, mais empregos e mais renda.
“Não há como crescer sem energia, e os investimentos no setor potencializam nossa estratégia proativa de vencer a crise econômica que o país atravessa.Vamos acelerar a liberação dos pedidos de construção de pequenas usinas, incentivar os projetos que utilizam energias alternativas, para garantir que os empreendimentos aconteçam e fomentem nossa economia, especialmente com a geração de empregos”, conclui Colombo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário